VIVENDO EM COMUNHÃO - 12/06/2017

VIVENDO EM COMUNHÃO


É humanamente difícil viver e conviver em um ambiente onde não há comunhão. Lowell Bailey que escreveu o livro 25 Segredos para derrotar a crise da comunhão afirma: “Não é segredo: quem avaliar de modo imparcial a Igreja de Jesus Cristo, notará que ela passa por uma crise de comunhão.”

Mas o que vem a ser comunhão? O próprio Bailey define comunhão assim: “A comunhão tem a ver com aquela relação pessoal que os cristãos gozam com Deus e uns com os outros, em virtude de serem unidos a Jesus Cristo.”

Como expressamos comunhão na prática? A mutualidade é o meio prático de expressarmos a comunhão cristã.

A definição de mutualidade é expressões recíprocas, quando o Novo Testamento usa as palavras “uns aos outros”.

A Bíblia tem mandamentos (ordens) recíprocos que são nossos deveres mútuos.

O que devemos fazer uns pelos outros e o que devemos evitar de fazer uns pelos outros?

Lowell Bailey trabalhou desta forma o seu livro: Os discípulos valorizam relacionamentos que são: Amem-se uns aos outros, Aceitem-se uns aos outros, Saúdem-se uns aos outros, Tenham igual cuidados uns pelos outros, Sujeitem-se uns aos outros, Suportem-se uns aos outros.

Os discípulos protegem o Corpo contra poluição e infecção de que maneira: Não tendo inveja uns dos outros, deixando de julgar uns aos outros, não se queixando uns dos outros, não falando mal uns dos outros, não mordendo uns aos outros, não provocando uns aos outros, não mentindo uns aos outros, confessando os seus pecados uns aos outros e perdoando-se mutuamente.

Os discípulos contribuem para o crescimento uns dos outros da seguinte maneira: edificando, ensinando, encorajando, aconselhando e falando entre eles com salmos, hinos e cânticos espirituais.

E por fim diz Bailey os discípulos servem uns aos outros, levam as cargas, sãos hospitaleiros, são bondosos e oram uns pelos outros.

Que possamos viver em comunhão em tempos de crise, que Deus nos capacite a praticarmos os mandamentos recíprocos.

Como diz Tiago 5.16 orem uns pelos outros, para que reine a comunhão desejada por Deus sempre em sua Igreja.

CLEVERSON PEREIRA DO VALLE
Pastor da Igreja Batista em Vila Natal – Mogi das Cruzes-SP
Bacharel em Teologia pela FTBSP e EST
Pós-graduado em Aconselhamento Bíblico pela FTBC