LARES SANTOS - 20/11/2017



LARES SANTOS

Em 1ª Pedro 1.16 diz: “Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.”

Satanás deseja destruir os lares cristãos, e ele usa de várias estratégias, como música, dinheiro, conflitos de interesse, etc...

A música secular tem entrado nos lares de forma sutil, e, quando a família abre os olhos já estão impregnadas de conceitos materialista, humanistas e distantes do propósito de Deus.

O dinheiro tem destruído a santidade do lar, em busca do vil metal pai guerreia contra filho e filho contra pai, os cônjuges discutem e infelizmente muitos partem para o divórcio.

O que Deus quer é que as famílias vivam bem, ele deseja santidade no lar.

Santo significa separado para um propósito, para uma finalidade. Devemos viver de forma separada para adorar exclusivamente a Deus.

É necessário que as famílias busquem a santificação, que nada mais é do que o processo de modelagem pelo qual a essência da imagem e semelhança de Deus, desonradas pelo pecado, vão sendo regravadas no coração do homem.

Lares santos refletem a imagem de Cristo, as pessoas de fora percebem que ali tem pessoas semelhantes a Jesus.

Quando nosso lar é santificado, há harmonia, os filhos passam a obedecer aos pais sem questionar, os cônjuges vivem de forma a evitar os conflitos internos.

Gosto do texto de Hebreus 12.14 que diz: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.”

Ser santo não é opcional, é um dever, pois tudo que fazemos Deus vê e sabe.

Precisamos como famílias ser exemplos para as demais famílias que não conhecem a Deus, e o caminho é a santificação.

Que possamos ter Lares Santos, servindo ao Senhor com alegria sempre.

CLEVERSON PEREIRA DO VALLE
Pastor da Igreja Batista em Vila Natal – Mogi das Cruzes-SP
Bacharel em Teologia pela FTBSP e EST
Pós-graduado em Aconselhamento Bíblico pela FTBC