DIA DO PASTOR - 05/06/2017

DIA DO PASTOR


O segundo domingo de junho é comemorado O Dia do Pastor. A idéia de ter o dia do Pastor surgiu através da Líderança Batista da Convenção Batista Brasileira e hoje diferentes denominações comemoram.

O objetivo era levantar uma oferta generosa para o caixa de socorro da Junta de Beneficência CBB, a fim de que esta pudesse ajudar mais e melhor os pastores aposentados de poucos recursos. Também era para homenagear o pastor local e os pastores que haviam pastoreados a mesma igreja e proporcionar através de tais comemorações, o despertamento dos jovens vocacionados por Jesus para a obra do Ministério.

O Pastor recebe a chamada do próprio Deus, ele é um vocacionado. Após a chamada ele prepara-se através de um curso teológico. Um bom curso tem duração de 4 a 5 anos.

Após formado a igreja local convoca um concílio de pastores para examina-lo, sendo aprovado é marcado a data do concílio ordenatório (Consagratório).

Pr.Salvador Soler escreveu um livro cujo título é: Pastor, quem é este? Em seu livro faz o seguinte comentário: “...é imprescindível que o pastor seja guiado pelos princípios bíblicos; estes sempre lhe darão a direção correta e o ajudarão a conduzir a igreja a um porto seguro.”

O apóstolo Paulo escreveu em 1ª Timóteo 3.1-7 as qualificações para exercer o ministério pastoral, que são: - Ser irrepreensível, isto é, ter uma boa reputação. Salvador Soler diz que uma pessoa de boa reputação é: “uma pessoa amável, é cumpridor de sua palavra, não desaponta ninguém, reconhece quando está errado e pode ser recomendado para qualquer tipo de tarefa.”

- Esposo de uma só mulher. É necessário pureza moral e ser cuidadoso com o sexo oposto.

- Temperante

- Sóbrio

- Modesto, que tenha bom comportamento, ou seja, respeitável.

- Hospitaleiro

- Apto para ensinar

- Não dado ao vinho

- Não arrogante

- Não irascível

- Não violento

- Inimigo de contendas

- Cordato

- Não avarento

- Que governe bem a sua própria casa

- Bom testemunho

- Amigo do bem

- Justo

- Piedoso

- Não neófito

O Pastor é aquele que providencia o alimento, ele prepara a mensagem, e este preparo leva tempo. Por isso ele deve ser estudioso

O Pastor indica a direção, ele é um conselheiro, companheiro.

Sempre tem uma palavra de consolo e conforto, também está disposto a defender suas ovelhas do ataque do inimigo. Segundo o Pr.Irland Pereira de Azevedo em seu livro “De pastor para pastores” ele cita um documento escrito pelo Professor Lourenço Stélio Rega que propôs o perfil do líder do novo século, conforme segue:

“- Leitura crítica do ambiente

- Flexibilidade com convicção

- Coerência vivencial, transparência

- Transversalidade (que saiba navegar nos diversos ramos do conhecimento, cultivando a multidisciplinaridade; que saiba fazer análise e abordagem transversal da vida e seus fatos,etc)

- Aprendizagem continuada e liderança co-participativa

- Mais proatividade do que reatividade

- Capacidade de gerenciar e mediar relacionamentos e conflitos humanos

- Equilíbrio espiritual, emocional e de personalidade

- Alteridade (um semeador da valorização do próximo, que seja sensível à carências humanas)

- Corporeidade, valorização do ser humano como ser total

- Comprometimento

- Concretividade no discurso”

Que Deus abençoe todos os Pastores, que não apenas neste dia, mas sempre possamos ser lembrados nas orações do povo de Deus.

Que Deus nos dê graça para pastorear o rebanho que pertence a Ele.


CLEVERSON PEREIRA DO VALLE
Pastor da Igreja Batista em Vila Natal – Mogi das Cruzes-SP
Bacharel em Teologia pela FTBSP e EST
Pós-graduado em Aconselhamento Bíblico pela FTBC