4 TIPOS DE ADORADORES - 23/04/2017


4 TIPOS DE ADORADORES - 23/04/2017


Em Mateus 21 .12-17 temos o relato da ação de Jesus no Templo, o texto diz que ele expulsou todos os que vendiam e comprovam, derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas.

Ouvi recentemente o jovem Pastor Isaque Sicsú que abordou este texto citando quatro tipos de adoradores. Ele diz que o primeiro tipo de adorador é o que Compra. Sim, há muitos que vão ao templo apenas para comprar e fazem a seguinte pergunta: Quanto custa? Querem comprar as bênçãos, não estão lá para oferecer uma adoração genuína, pelo contrário, estão lá para cumprir um rito.

O segundo tipo é o que vende, são os vendilhões da fé. A pergunta deles é: O que eu tenho para ganhar? São os interesseiros, vão à Igreja para mostrar algo, para aparecer. Sempre desejam ganhar algo com isso, querem tirar vantagens.

Não está lá no templo para adorar, pelo contrário estão lá para vender algo material. Quantos são verdadeiros exploradores da fé. Hoje observamos atônitos os absurdos cobrados por cantores gospel, pastores que cobram cachê para pregar.

O terceiro tipo é o teólogo, ou seja, aqueles que tem o conhecimento de Deus e não tem amor a Deus. São comparados aos escribas e fariseus que não perceberam os sinais e maravilhas que Deus estava operando.

O que eles queriam era apenas exibir seus conhecimentos. Erudição sem humildade, sem amor ao próximo.

Se os três primeiros tipos de adoradores não são exemplos de uma adoração verdadeira, o quarto tipo é.

Trata-se das crianças, o verdadeiro exemplo de adoração aceitável. Criança é limitada, elas reconhecem sua limitação e pedem ajuda. Nós adultos precisamos aprender muito com as crianças e reconhecer a nossa limitação.

Crianças são crédulas, elas creem naquilo que falamos, elas oferecem uma adoração genuína, sabem receber a graça.

Concordo plenamente com o Pr.Isaque, encontramos estes 4 tipos de adoradores nas igrejas. O que não podemos ser é aquele que compra, aquele que vende ou aquele que conhece tudo de Deus, mas não vive com Deus.

A verdadeira adoração é aquela apresentada pela pureza de coração, uma adoração que agrada a Deus.

CLEVERSON PEREIRA DO VALLE
Pastor da Igreja Batista em Vila Natal – Mogi das Cruzes-SP
Bacharel em Teologia pela FTBSP e EST
Pós-graduado em Aconselhamento Bíblico pela FTBC